Batata-doce com molho de caju e paprika

img_2970

Este post é sobre comida de conforto. Aquela comida de inverno, perfeita para os dias de frio e para se partilhar em família, com quem mais gostamos. Vegan e sem glúten.

Quando vivemos algum tempo num país quente, como é o caso de Angola, em que na capital as temperaturas variam entre os vinte e poucos e trinta e muitos, por vezes sentimos falta do frio. Especialmente quando estamos constantemente a ser bombardeados com fotos, vídeos, posts e anúncios de campanhas de inverno, roupas grossas, bebidas quentes, casas aconchegantes, you name it.

Mas como diz o ditado, nada melhor do que não ter as coisas para lhes dar valor. Enquanto estive em Portugal não havia inverno que não me queixasse. Agora estou no calor e fazem-me falta alguns dias de inverno (reparem que disse “alguns dias” e não 6 meses de inverno!). Por isso nesta minha última visita, aproveitei ao máximo para fazer todos aqueles clichés dessa estação: bebi chá quentinho, comi castanhas assadas na rua, calcei botas, gorros, casacos de inverno e cachecóis. Só não comi pipocas a ver um filme enquanto chovia porque não choveu…

E claro não podia faltar a comida de conforto que sabe tão bem neste tempo. Numa das minhas muitas idas aos mercados e supermercados vi umas batatas-doce laranja por dentro (absolutamente lindas) e como é óbvio não me abstive de as comprar. O resultado é este que está aqui. Delicioso, reconfortante e muito fácil de fazer.

Querem experimentar?


Ingredientes: (4 pessoas)

4 batatas doce  (escolhi as mais rechonchudas)

100g de cajus crus (demolhados em água quente pelo menos 2 horas)

1 alho grande inteiro

1/2 colher de café de cominhos

1 colher de chá e paprika

1/4 colher de café de gindungo moído (opcional)

1/2 colher de café de noz moscada

Flor de sal e pimenta preta em moinho a gosto

Azeite virgem extra q.b.

Preparação:

Ligue o forno a 180ºC.

Retire as folhas mais velhas do alho com as mãos. Com uma faca corte a parte de cima do alho, de forma a expor ligeiramente o interior dos dentes de alho. Coloque o alho em papel de alumínio, deite um fio de azeite por cima e embrulhe-o. Leve ao forno durante 30-40 min.

Entretanto, lave bem as batatas e faça um golpe horizontal  e fundo no centro de cada uma (com cuidado para não as partir ao meio). Coloque-as num tabuleiro, regue com um fio  fino de azeite e tempere com sal e pimenta a gosto. Leve ao forno e asse-as até ficarem macias (30-40 min dependendo da potência de cada aparelho).

Aproveite esse tempo para escorrer os cajus, reservando 1/2 copo da sua água. Coloque num robot de cozinha ou liquidificador os cajus e restantes condimentos e junte a água. Triture tudo até conseguir um molho cremoso. Assim que o alho estiver assado, esprema-o para o molho de caju e volte a triturar tudo. Prove e  ajuste os temperos: sal, pimenta, paprika e gindungo. Se a mistura estiver muito espessa junte-lhe um pouco de água. Volte a triturar tudo e reserve.

Retire as batatas do forno assim que estiverem assadas e coloque o molho de forma a preencher o centro e cobrir o topo da batata. Se quiser decore com algumas folhas verdes como salsa, coentros, manjericão ou cebolinho. Sirva.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s