Guacamole tradicional

img_32351Fresco, saboroso, saudável e perfeito como entrada ou até para o pequeno almoço. Vegan, sem glúten e rico em óleos bons. E ainda por cima super fácil de fazer!

Quem nunca experimentou guacamole não sabe o que perde. Mas convém que sejam amantes de abacate (como eu), porque senão é quase garantido que não vão gostar…

Já gostava de abacate, mas desde que vim para Luanda passei utilizá-lo muito mais vezes do que quando estava em Lisboa. Para além de aqui ser baratissimo (porque há muita produção nacional), comecei a utilizá-lo como base para molhos, como substituto de manteiga para as torradas (vejam aqui), para dar corpo às saladas, enfim uso-o em toda a sua versatilidade.

O único problema do abacate é saber escolher bons abacates. Porque deixem -me dizer-vos que este fruto quando não está no ponto é péssimo! E quando passa do ponto apodrece com a maior das facilidades, portanto é tricky. Eu faço o teste da plasticina: pego no abacate com uma mão e aperto ligeiramente. Se estiver duro é porque está verde, se estiver mole ao ponto de se desfazer, está demasiado maduro. O que se quer é aquele ponto com a consistência de plasticina: os dedos podem ficar marcados na casca mas não se desfaz.

Hoje em dia já há uma série de variantes de guacamole, mas deixo-vos aqui a receita do guacamole tradicional (a minha versão claro).

Espero que gostem! Contem-me tudo 😉


Ingredientes: (4 doses)

2 abacates maduros

1/2 cebola picada

1 dente de alho

1 tomate picado

sal e pimenta preta em moinho a gosto

sumo de 1 lima (ou meio limão)

1 fio de azeite

salsa a gosto

Preparação:

Abra os abacates ao meio e com a ajuda de uma colher retire a polpa para um robot de cozinha ou liquidificador.

Junte a cebola, o alho, o sumo de lima, um fio de azeite e tempere com sal e pimenta a gosto. Triture tudo durante 1 ou 2 segundos (atenção que não se pretende uma mistura completamente líquida).

Retire o preparado para uma taça, junte o tomate e salsa e ajuste o tempero se necessário. Misture tudo com um garfo, coloque alguns bocados de tomate, cebola e salsa frescos por cima para decorar e sirva.

 

Anúncios

5 thoughts on “Guacamole tradicional

  1. otemperodaminhaavo diz:

    Sensacional o lance da plasticina! E se eu puder dar uns pitacos, para a guacamole é recomendado o uso da cebola roxa e do coentro, não despretenciosamente: por sua consistência e sabor, são maior frescor ao prato quando juntos ao tomate! E se for sofisticar, corte pequenos pedaços de uva e raspe uma pitada de nóz moscada, fica show de bola 🤘

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s