Cogumelos em vinha d’alhos com puré de batata doce

Cogumelos em vinha de alhos com puré de batata doce

Sem ideias para a ceia de Natal? Querem incluir uma receita diferente e não sabem qual? Aqui fica a solução e prometo que até os mais céticos vão querer provar!

Este ano o Natal vai ser cá em casa. Convidei apenas a família mais chegada, ou seja, 25 pessoas (sim isto é a família mais chegada senão éramos uns 70)!! Vai ser muita gente e a logística não será fácil, mas uma das coisas boas de recebermos a família em nossa casa, é o facto de podermos fazer as coisas à nossa maneira. Não quer isto dizer que descuremos a vontade dos outros, nada disso, mas dá-nos alguma margem de manobra para mudar alguns hábitos e incutir outros por exemplo.

Por isso decidimos (eu e o Pedro) que este Natal não haveria frenesim de prendas, haverá 1 prenda por pessoa (chamamos-lhe o “familiar secreto”) e o mais importante de tudo: todas as prendas têm que ser feitas por nós, não há nada comprado! Pode parecer extremo e exigente, mas se “mastigarem” a ideia vão ver que não é. Evitamos gastar imenso dinheiro em coisas supérfluas e o que vamos receber terá muito mais valor, porque a pessoa que o vai dar incutiu tempo e carinho a fazê-lo. E o tempo é sem dúvida a “moeda” mais importante, porque não há como comprá-lo…

Espero que gostem da receita, nas próximas semanas vou partilhar mais algumas sugestões para a ceia de Natal portanto fiquem por aí ok?

Não se esqueçam de partilhar comigo as vossas recriações  no facebook e instagram !


Ingredientes (4 doses) :
Para os cogumelos:
300g cogumelos pleurotus
1 1/4 cup vinho tinto (~300 ml)
2 dentes de alho picados
1 pequena cebola (cortada em meias luas e 2 c.sopa picada)
2 folhas de louro
1 ramo de tomilho fresco
2 c. chá pimentão doce
Azeite virgem extra q.b
Sal marinho e pimenta preta a gosto
Para o acompanhamento:
600g batata doce amarela
1 punhado de beldroegas frescas
1 a 2 c. sopa de leite vegetal sem adoçante (se necessário)
1/2 c. café de noz moscada (opcional)
Azeite virgem extra q.b
Sal marinho e pimenta preta em moinho a gosto
Preparação:
1- Limpe os cogumelos com uma toalha e coloque-nos num recipiente hermético. Adicione de seguida os ingredientes da marinada: vinho tinto, fio generoso de azeite, cebola, alho, tomilho, louro (remova o veio central) e pimentão doce. Envolva tudo muito bem, feche o recipiente e deixe a marinar no frigorífico durante pelo menos 6h (ou durante a noite).
2- Lave as beldroegas e reserve. Descasque a batata doce (parta-a em pedaços se for demasiado grande) e coza-a em água abundante até estar macia (cerca de 20 min.).
3- Escorra bem e triture-a num robot e cozinha ou com a ajuda da varinha mágica, adicionando-lhe um fio de azeite, noz moscada, sal e pimenta a gosto. Adicione leite vegetal para acertar a consistência pretendida. Reserve.
4- Escorra os cogumelos e reserve a marinada. Parta-os grosseiramente com as mãos caso sejam demasiado grandes. Num wok ou tacho anti-aderente aloure em lume médio 2 c. sopa de cebola em azeite. Adicione os cogumelos e deixe-os saltear 2 minutos. De seguida adicione a marinada e tempere com sal e pimenta preta a gosto. Baixe o lume e deixe reduzir o líquido para metade, prove e ajuste o tempero. Reserve.
5- Sirva os cogumelos com o puré de batata e disponha por cima as beldroegas frescas.
Nota: utilize de preferência ingredientes biológicos.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s