Massa com pesto de abacate e rúcula

Massa com pesto de abacate e rúcula

Avocado & arugula pesto pasta (VG/GF) – recipe in EN below

Para aqueles dias em que não nos apetece cozinhar e queremos algo fácil, rápido e delicioso. Aqui fica esta sugestão vegan e com opção sem glúten. Apenas 6 ingredientes e 15 minutos!

Metade de Lisboa está de férias e a outra metade se não está deseja estar. Por aqui as próximas férias serão provavelmente só daqui a 1 ano, quando o Henrique já estiver mais crescido. Por agora dedicamos-lhe toda a tenção do mundo e nós (eu e o Pedro) acabamos por ficar um bocadinho esquecidos, mas faz parte. Um dano colateral é o facto do tempo ficar escasso para aquelas coisas do dia a dia como limpar, arrumar, organizar e até cozinhar!

Apesar de eu ter planeado e feito antecipadamente uma série de refeições a contar com o pós-parto, passado um mês o meu stock já se foi há muito. Valeu-me há umas semanas a visita dos meus tios Carlos e Leonor e do meu primo Vicente, que entraram por aqui tão carregados que parecia Natal! Entre presentes para o Henrique e diversos pratos feitos pela minha Tia ficámos com stock para mais uma semana.

Depois destas “bolsas de oxigénio” temos recorrido a receitas simples e rápidas de preparar como esta que vos deixo aqui. Espero que gostem e já sabem, se a fizerem partilhem comigo no Facebook ou Instagram!


Ingredientes (2 doses):

200g de massa à escolha (use massa sem glúten caso prefira)

água q.b

1 abacate médio maduro

1 punhado de rúcula fresca

1 c. sopa de azeite virgem extra

1/2 dente de alho

sal marinho e pimenta preta a gosto

Para decorar: rúcula fresca e sementes de sésamo negras

Preparação:

Coza a massa em água abundante temperada com sal, até ficar al dente (o tempo de cozedura dependerá da massa que escolher).

Entretanto, num liquidificador coloque o abacate, rúcula, alho, azeite, sal e pimenta. Junte 4 c. sopa de água e triture tudo. Prove, ajuste os temperos e adicione mais água para acertar a consistência (caso necessário). Repita até ter um molho cremoso e reserve.

Escorra a massa e sirva nos pratos. Deite por cima o molho e decore com rúcula fresca e sementes de sésamo. Sirva de imediato.

Notas: use de preferência ingredientes biológicos. Sugiro que consuma de imediato o molho porque o abacate tende a oxidar e ficar castanho.


Pasta with easy avocado & arugula pesto – english version

A very easy, quick & delicious recipe for those days you don’t feel like cooking at all!

Ingredients: (serves 2)

200g pasta of choice (GF if you prefer)

water as needed

1 medium ripe avocado

2 handful of fresh arugula/rocket

1 tbsp extra virgin olive oil

1/2 garlic clove

sea salt & black pepper to taste

Decoration: fresh arugula leaves & black sesame seeds

Preparation:

Cook your pasta in abundant water seasoned with sea salt (the time of cooking depends on the pasta you choose).

Meanwhile, place all remaining ingredients in a blender and add 4 tbsp water. Blend until smooth, taste and add water if needed to adjust consistency. Blend again and set aside.

Drain your pasta and place it in the plates. Add the pesto sauce and decorate with fresh arugula leaves and sesame seeds. Serve immediately and enjoy!

Note: use preferably organic ingredients. Make sure to use the sauce right away once avocado tends to turn brown after a while.

Anúncios

Chapatis de espinafres

Chapatis de espinafres

Spinach chapatis (VG/GF version) – recipe in EN below

E que tal introduzir um dose de vegetais onde menos se espera? Estes chapatis são perfeitos para picnics ou lanches de praia e têm sido a minha salvação agora no pós-parto do Henrique. Vegan e com versão sem glúten.

Se me vão seguindo nas redes sociais decerto já sabem que o Henrique nasceu recentemente. Após um parto de 24h (cuja história está no post anterior) finalmente veio ao mundo dia 26 de julho. Apesar de ter nascido de 37 semanas e picos eu já andava há algum tempo a fazer stock de comida, para facilitar a fase do pós-parto (e ainda bem que o fiz!). Uma das receitas que fiz e congelei foi a destes chapatis de espinafres.

Continuar a ler

Rostis de batata e alho francês

Rostis de batata e alho francês2

Potato & leek rostis (VG & GF) – recipe in EN below

Se querem uma receita fácil para o almoço de domingo não procurem mais! Perfeita para dias de calor, acompanhada de uma salada verde ou de tomate.

O rosti é uma receita típica da culinária suíça, um género de pastéis de batata em formato panqueca. Inspirada nesse clássico, resolvi dar-lhe uma volta e incluir mais um vegetal e algumas especiarias que farão dela uma delícia garantida lá por casa. E em plena época da batata nova (e boa batata que temos cá por Portugal), tinha que lhe dedicar uma receita.

Nos últimos anos a batata tem vindo a perder adeptos para a sua concorrente batata-doce, à conta da máxima “a batata normal engorda”. A questão não é tanto a batata, mas sim como a ingerimos e o que ingerimos com ela. É comum comer-se batata frita e arroz branco numa só refeição e sim neste caso certamente estamos a ingerir mais hidratos do que necessitamos de uma só vez. Para além disso qualquer frito é mais calórico do que um cozido, assado, etc.

Continuar a ler

Salada de couve massajada

Salada couve massajada

Easy pickled cabbage salad (VG & Raw) – recipe in EN below

Um acompanhamento colorido, fresco e delicioso, perfeito para os dias de calor que se avizinham. E ainda um pouco sobre a importância dos probióticos.

Acho que já vos falei do benefício dos pickles (ou qualquer outro alimento fermentado), mas nunca é demais relembrar. Um sistema digestivo equilibrado e saudável é imprescindível para o nosso bem estar, pois é através dele que nutrimos o nosso corpo e tem funções importantíssimas ao nível das defesas do nosso corpo. Não é à toa que chamam ao intestino o segundo cérebro e não é também à toa que muitas vezes ele é o primeiro a ressentir-se quando estamos em fases de maior stress, ansiedade, etc. (já todas/os sentimos isso, certo?) Continuar a ler

Wraps de couve com bolonhesa de lentilhas

Burritos de couve e lentilhas

Green wraps with lentil bolognese – recipe in EN below

Uma versão low carb dos tradicionais wraps de trigo, mas deliciosos e perfeitos para picnics e tardes de praia. São vegan, sem glúten e o recheio é à escolha!

Por esta altura tenho a minha horta em expoente máximo de produção. São alfaces, espinafres, vários tipos de couve, brócolos e até os primeiros morangos da época. A couve penca ou galega tem crescido a olhos vistos, com as suas folhas gigantes que por si só quase dão para uma refeição. Não temos conseguido dar vazão à quantidade de coisas que temos e por isso tenho distribuído pela família e amigos. Continuar a ler

Massa com espinafres salteados e natas de caju

Massa com espinafres salteados e natas de cajuCremoso, fácil de fazer e capaz de conquistar fãs até entre acérrimos céticos da comida vegetariana. Assim é este prato, um sucesso garantido entre todos!

Quando o tempo começa a melhorar e o sol perde a vergonha, é frequente receber amigos e família para almoços lá fora. E o que a maioria gosta é de dar uso à churrasqueira que tenho no quintal. A mim, confesso que não é algo que me puxe. Primeiro porque só como carne quando o “rei faz anos” e depois porque estar horas em frente a uma grelha não é dos meus passatempos favoritos.

Continuar a ler

Cogumelos em vinha d’alhos com puré de batata doce

Cogumelos em vinha de alhos com puré de batata doce

Sem ideias para a ceia de Natal? Querem incluir uma receita diferente e não sabem qual? Aqui fica a solução e prometo que até os mais céticos vão querer provar!

Este ano o Natal vai ser cá em casa. Convidei apenas a família mais chegada, ou seja, 25 pessoas (sim isto é a família mais chegada senão éramos uns 70)!! Vai ser muita gente e a logística não será fácil, mas uma das coisas boas de recebermos a família em nossa casa, é o facto de podermos fazer as coisas à nossa maneira. Não quer isto dizer que descuremos a vontade dos outros, nada disso, mas dá-nos alguma margem de manobra para mudar alguns hábitos e incutir outros por exemplo.

Continuar a ler

Couscous de espelta com carpaccio de pêra e queijo feta

 

Couscous espelta com pera e feta

Spelt couscous with pear carpaccio & feta cheese – EN version below

Ainda há dias quentes que pedem refeições frescas e ligeiras. Por isso aqui fica uma delas para aproveitar este verão tardio. Muito fácil de preparar e deliciosa!

Estamos a sete dias de outubro e fizeram 35ºC em Lisboa este fim de semana. Eu adoro o calor e sabe-me incrivelmente bem manter as camisolas e botas arrumadas mais uns tempos, mas enquanto tento tirar o máximo partido dele nesta época, não consigo deixar de pensar que isto não é normal e que certamente terá a suas implicações no planeta.

Mas também é verdade que acredito plenamente na força da Natureza, em última instância ela arranja solução para tudo, em especial para repor o seu equilíbrio.

E nestas semanas pós época balnear e de regresso às rotinas, estou a viver uma altura de abundância! Entre recomeçar a dar aulas de capoeira, organizar a 1º edição do Picnic Club e algumas encomendas de catering para festas, não tenho tido mãos a medir. No meio disto tudo surgiram-me ainda convites para um showcooking na TV (programa Aqui Portugal da RTP1) e para participar na edição de Natal de uma revista digital (ainda não posso divulgar qual). Continuar a ler

Pataniscas de legumes

IMG_8378

Vegan and GF veggie fritters – recipe below in EN

Se gostam de pataniscas têm que que experimentar estas! São muito fáceis de fazer, levam 6 ingredientes e não levam ovos nem farinha de trigo, por isso são vegan e sem glúten.

Eu adoro pataniscas e já tenho no blog uma receita de pataniscas de curgete . Mas cada vez mais me pedem receitas vegan e sem glúten e embora eu não seja vegana ou intolerante ao glúten, gosto de ter opções que se adaptem a todos. Além disso, na culinária há tantos ingredientes com que podemos dar largas à imaginação, e com resultados deliciosos, que não faz sentido utilizarmos sempre os mesmos.

Continuar a ler

Salada fresca de meloa, abacate e tomate cherry

IMG_0952

Uma salada perfeita para levar para a praia e que se prepara em 5 minutos! Deliciosa, fresca e bem nutritiva, que tira partido dos vegetais e fruta da época.

Quem disse que salada leva obrigatoriamente alface? Não sei se alguém o disse, mas se o fez está enganado e a prova é esta. Uma das coisas que mais gosto na culinária é que não há verdades universais nem regras mágicas (pelo menos para mim), a criatividade é o centro de tudo e isso dá-nos infinitas hipóteses, até numa simples salada.

Agora que tem havido dias mais constantes de calor (apesar do verão continuar tímido), lembrei-me de recuperar uma das minhas saladas favoritas para a praia. Para além de ser muito fácil de fazer, não precisam de tupperware, já que podem transportá-la e comê-la dentro da casca da meloa, como aparece aqui.

Continuar a ler