Empadão de batata-doce e lentilhas

Empadão de lentilhas, cogumelos e batata doce
English English Portuguese Portuguese

Este empadão de batata-doce e lentilhas é aquela refeição que agrada a todos sem exceção! É fácil de fazer, dá para várias pessoas e usa apenas ingredientes básicos da despensa.

Há 3 dias atrás foi decretada uma pandemia mundial. A Europa está em estado de sítio e Portugal oscila entre aqueles que ainda não se consciencializaram da dimensão do problema e os que (como eu) já se adiantaram e recolheram-se em quarentena voluntária.

Com o encerramento das escolas ontem gerou-se o pânico, houve corridas aos supermercados e compras em quantidades abusivas. Ouvi relatos de pessoas a comprarem 5 e 6 paletas de latas de atum e leite, 20 embalagens de papel higiénico, carne em quantidades para um batalhão, enfim…

Por aqui decidimos ontem fechar as únicas fronteiras que conseguimos, as da nossa casa. Cancelámos todos os trabalhos, consultas, aulas, compromissos sociais e afins. Não tomámos a decisão de ânimo leve, somos os 2 trabalhadores por conta própria e se não trabalhamos simplesmente não ganhamos. Mas nenhum dinheiro do mundo justificaria colocar em risco a saúde do Henrique e por isso decidimos assim.

Quanto às compras, na verdade a nossa despensa NUNCA está vazia, mas nas últimas 3 semana comprei o suficiente para ficarmos de quarentena, mesmo quando essa realidade ainda parecia distante para todos e poucos imaginavam o caos que se instalaria. Esta situação é para mim um dejá vu. Passei por algo muito semelhante em Angola em 2015, no pico da crise do petróleo, quando não havia moeda estrangeira e era por isso impossível fazer importações. Durante 2/3 meses as prateleiras dos supermercados pouco tinham porque em Angola muito pouco se produzia (felizmente em Portugal não é assim). Sobrevivi a semanas sem papel higiénico (sim e não morri!), ovos, carne (na altura ainda comia), detergente da máquina, entre outros. Quando havia produtos era ver as pessoas a comprar às paletas, muito mais do que precisavam, sem qualquer respeito pelo próximo e na altura chocou-me (tal como vos choca a vocês agora).

A verdade é que pessoas em pânico são iguais em Angola, na China ou em Portugal. Viram bichos e eu já vi esses “bichos” 👹 Por essa razão fui comprando ao longo destas semanas mais umas coisas aqui e outras ali, antecipando o pior cenário. Não comprei 200 latas de atum, 80 de feijão e 400 rolos de papel higiénico. Comprei o que achei necessário para manter-me e à minha família corretamente alimentados durante uma possível quarentena. Essa altura chegou e estamos tranquilos. Os momentos de crise e adversidade ensinam-nos muito. Aprendi a dar valor a coisas que até ali tinha como garantidas, aprendi que o medo sobrepõe-se sempre ao racional, aprendi que passo bem sem certas coisas que antes me eram “imprescindíveis” e aprendi a nunca mais ter a despensa vazia. 

Quanto à receita é perfeita para esta altura: dá para muita gente, usa produtos que não se estragam com facilidade e que provavelmente têm na despensa e é sucesso garantido entre todos: vegetarianos ou não. Espero que gostem e se a fizerem não se esqueçam de identificar @blogdaspice e partilhar comigo no Instagram ou Facebook.

Empadão de batata-doce e lentilhas

  • Tempo de Preparação10 min
  • Tempo de Cozedura50 min
  • Tempo Total1 hr
  • Quantidade4-6 pessoas

Ingredientes

  • 1 kg batata-doce amarela (descascadas e em pedaços)
  • 150g cenouras (2 a 3 médias)*
  • 100g beterraba (1 média)*
  • 2 cups lentilhas vermelhas
  • 250g cogumelos marron
  • 2c. chá vinagre de sidra*
  • 1 cebola pequena picada
  • 1 dente de alho picado
  • noz moscada a gosto
  • 1 c. sopa paprika fumada
  • 2 folhas de louro
  • sal marinho a gosto
  • pimenta preta em moinho a gosto
  • água ou caldo de legumes q.b

Preparação

1

Coza as cenouras e beterraba em água com pitada de sal durante 45-50 min. ou até macias (veja abaixo* uma alternativa mais rápida se pretender). Escorra e reserve.

2

Noutra panela coza as batatas em água com uma pitada de sal durante 15-20 min. ou até macias. Escorra e reserve parte da água de cozedura.

3

Entretanto lave bem as lentilhas e corte os cogumelos em quartos. Reserve.

4

Triture as batatas num robot de cozinha ou processador até resultarem num puré bem macio. Use a água de cozedura para ir ajustando a consistência, prove e tempere a gosto com um fio de azeite, sal, pimenta e noz moscada. Vai ter que barrar este puré no topo da cassarola pelo que não deve ficar demasiado espesso mas também não muito águado. Transfira para uma taça e reserve.

5

Triture agora a beterraba e cenouras no mesmo processador e vá adicionando água até conseguir um consistência semelhante ao molho de tomate. Adicione sal, um fio de azeite, pimenta e o vinagre de sidra. Reserve.

6

Numa frigideira ou tacho refogue a cebola e o alho em azeite e adicione depois o molho de beterraba. Deixe apurar 1 ou 2 minutos em lume médio e adicione de seguida os cogumelos, as lentilhas e os restantes temperos. Misture tudo e cubra com água (ou caldo de legumes) suficiente apenas para submergir as lentilhas. Tape e deixe cozinhar entre 10-15 minutos, mexendo ocasionalmente. Se começar a ficar seco adicione mais água, se achar que tem água a mais destape e aumente o lume uns minutos até evaporar. Assim que as lentilhas estiverem macias prove, ajuste temperos e retire do lume.

7

Transfira o preparado de lentilhas para um pirex ou cassarola  e espalhe uniformemente. Coloque por cima várias colheres do puré de batata (não coloque tudo de uma vez senão vai afundar) e com uma espátula espalhe para cobrir todo o topo do pirex. Use um garfo para fazer desenhos (opcional). 

8

Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC durante 15 min. ligando o grelhador superior nos últimos 5 para tostar a parte de cima (opcional). Sirva.

Notas: use de preferência ingredientes biológicos. Se pretender congelar o empadão poderá fazê-lo após o passo 7 (basta acondicionar bem e congelar). Depois basta deixar descongelar umas hora e levar ao forno conforme indico na receita.

*Uso este molho de beterraba e cenoura em alternativa ao molho de tomate, já que o tomate não é da época, mas se preferir poderá substituir por 1/2 cup molho tomate.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Sobre Mim

Olá e bem-vinda(o) ao meu blog. O meu nome é Sofia e sou apaixonada por cozinha saudável e natural. Aqui vai encontrar receitas para o dia a dia e até para ocasiões especiais, sempre com ingredientes sazonais e locais.

O meu objetivo é simples: dar-lhe inspiração para cozinhar!

Subscreva o blog

Siga-me no Instagram

Visite a página no Facebook

Categorias

Receitas Recentes