Trufas de manteiga de amendoim e frutos secos

img_3744

São um snack maravilhoso, especialmente se gostam de manteiga de amendoim (como eu!). Vegan, sem açúcar e com vários toppings à escolha.

Por vezes há receitas que acontecem, literalmente. Foi o caso desta. Num destes dias estava eu a experimentar fazer barrinhas de cereais caseiras, quando me apercebo que tinha exagerado nos ingredientes molhados. Em vez de barrinhas secas, acabei com uma massa semelhante à de cookies. Ora, não tendo a mistura levado fermento, farinha, etc, decerto não ia resultar no forno. Resolvi refrigerar e provar ao final de 1 hora. Era deliciosa. A massa solidificou o suficiente para a enrolar em bolinhas e deste desaguisado nasceram estas trufas. Continuar a ler

Anúncios

Tarte gelada de ameixa e framboesa

IMG_2494

Esta é a tarte mais bonita que fiz até hoje! Não leva leite, nem ovos, nem açúcar, nem farinha. É o cruzamento culinário perfeito entre uma tarte e um gelado. Ótima para uma ocasião especial.

Numa das minhas últimas idas ao supermercado (sim porque são muitas acreditem), encontrei por estas bandas ameixas brancas. Estavam hiper maduras, cheias de sumo e muito doces, portanto pensei logo para mim mesma: “tenho que transformar esta fruta em algo que celebre toda a sua glória!”

Inicialmente pensei em fazer um gelado de ameixa (já que ando apaixonada pela minha nova máquina de gelados e apetece-me fazer gelado de tudo!), mas depois decidi ir mais além. Pode dizer-se que neste caso resolvi cozinhar pela cor. Olhei para as ameixas amarelas e imaginei o contraste com algo vermelho. Tinha framboesas congeladas e pareceu-me uma boa combinação de sabores: o doce da ameixa com o ácido da framboesa. Continuar a ler

Fettuccine de cenoura com molho Alfreda

img_2511

Gostam de fettuccine? E de molho Alfredo, cheio de natas e queijo? Então vão adorar a minha receita de molho Alfreda. Muito mais light e super cremoso!

Como já vos comentei, eu adoro massa. O problema é que a massa não gosta de mim… Ou melhor, não me faz bem nas quantidades que eu gostaria de a ingerir! Em doses moderadas é ótima (como quase tudo).

Por isso, volta e meia penso em formas de satisfazer os meus desejos de pratadas de massa cheias de natas e afins. Foi num desses dias que resolvi criar esta receita de pasta fingida com molho “Alfreda” (não, não é gralha, é mesmo Alfreda porque é uma versão minha e eu decidi que esta é feminina). Muito mais leve que a original, mas sem perder a textura cremosa que é tão típica da chamada comfort food. Continuar a ler

Panquecas de caju com doce de goiaba

IMG_2424[1]

Fim de semana é sinónimo de pequeno almoço com panquecas. E estas são sem açúcar, farinha de trigo ou leite. Muito fáceis de fazer e tãoooooo saborosas!

A minha irmã Rita adora goiabas e aqui por Angola entrámos na época desta fruta. Há goiabas brancas e vermelhas, sendo que as melhores quanto a mim são estas últimas. Mas são as mais difíceis de arranjar.

Vemos pelas ruas de Luanda muitas kitandeiras (senhoras que vendem fruta) com bacias cheias de goiabas. Porém, como diz uma conhecida música de capoeira “nem tudo o que reluz é ouro e nem tudo o que balança cai”. Muitas vezes nessas mesmas bacias que elas transportam na cabeça, estão abertas 2 goiabas vermelhas, mas as restantes são brancas. Um comum mortal que não conheça os “truques da terra” é facilmente enganado. Mas aprendi a escolher goiabas com a minha tia Nídia: basta levantar um bocadinho da casca com uma unha e ver a cor do interior. Fica a dica! 🙂 Continuar a ler

Bolo de grão com chocolate preto

IMG_2310

Sabem aqueles dias em que apetece mesmo um “docinho” mas ao mesmo tempo queremos uma alternativa saudável? Ei-lo. Sem açúcar, sem farinha e sem lactose.

Existem várias receitas de bolos sem farinha, mas esta é a minha favorita. Simples, rápida, não suja muita loiça e é deliciosa. O ingrediente secreto é: grão de bico.

Sei que estamos habituados a associar o grão de bico ao bacalhau, mas experimentem pensar “fora da caixa” comigo que não vão arrepender-se. Por incrível que pareça, não se sente o sabor a grão, a textura é decadente e o chocolate preto torna tudo ainda melhor (ou não fosse chocolate…). Fiz o teste no último almoço de família, muitos repetiram e tentaram descortinar o mistério, mas sem sucesso. Continuar a ler

Manteiga de avelãs com baunilha e sal

IMG_4769

Vanilla & sea salt hazelnut butter (recipe in EN below)

Fiz esta manteiga no fim de semana e 3 dias depois posso dizer-vos que quase não há… É super aromática, sem corantes nem conservantes e 100% vegan!

Não sei o que há no sabor das avelãs que me fascina tanto. Talvez por essa razão eu seja fã de Nutella e o meu bombom preferido seja o Ferrero Rocher, mas posso dizer-vos que já não como nada disto há bastante tempo. Em alternativa experimentei fazer esta manteiga de avelã com baunilha, sal e canela. É soberba. O sabor da avelã com o adocicado da baunilha e o toque de sal no final tornam tudo aquilo em que tocam numa delícia.

Já a espalhei por cima de fruta fresca, iogurte e até sobre legumes salteados e fica bem com tudo. Vejam outras receitas de manteiga de frutos secos caseira neste post, mas não deixem de experimentar esta porque decerto não se arrependerão. Continuar a ler

Manteiga de frutos secos

IMG_2309

Gostam de manteiga de amendoim? E se vos disser que podemos fazê-la em casa, sem açúcar refinado e em menos de 30 min, acreditam? Leiam isto!

Acho que já todos ouvimos falar da famosa manteiga de amendoim que tanto encanta os americanos. Especialmente barrada em pão de forma e em parceria com geleia ou doce, constituindo aquilo a que eles chamam de “peanut butter and jelly sandwich” e que ouvimos e vemos inúmeras vezes nos filmes. Confesso que nunca provei esta iguaria na sua plenitude mas até gosto de manteiga de amendoim. Porém, e quase como tudo o que vem em frascos, a manteiga de amendoim que se vende nos hipermercados é mega calórica e cheia de aditivos que em nada ajudam o nosso organismo.

Mas se esta é a que mais comummente ouvimos falar, a verdade é que conseguimos fazer manteiga de quase todos os frutos secos e de casca rija: amêndoa, caju, noz, avelã, etc. Esta receita que vos deixo aqui é de manteiga de amêndoa, mas acima de tudo é uma receita base que serve para qualquer outra versão, isto porque substituindo a amêndoa por amendoim ou por um fruto seco à vossa escolha, funciona na perfeição. Continuar a ler

Amêndoas com mel de rosmaninho e pimenta

img_34961
Estamos em fase de Euro e futebol pede um snack crocante e salgado, certo? Ora aqui fica uma sugestão bem rápida e com opção vegan.

Jogos de futebol, filmes ou quaisquer outros serões no sofá levam-nos sempre a trincar qualquer coisa. As opções mais comuns recaem sobre batatas fritas de pacote, amendoins já torrados e com sabor a BBQ, tiras de milho, entre um mar de outros snacks que temos à nossa disposição nos supermercados.

Para além de todas estas opções serem altamente calóricas, costumam ser bastante processadas e com ingredientes muito pouco naturais. Mas tenho a dizer-vos que há opções saudáveis e baratas, que podem ser feitas em casa num piscar de olhos. Desde que percebi como é fácil e rápido tostar os frutos secos em casa, não quero outra coisa. Leva 5 minutos (não, não estou a exagerar são mesmo 5 minutos. Ok 10 no máximo!) e ficam deliciosos.

O melhor de tudo é que podemos dar largas à imaginação com os temperos: sal, pimenta, caril, paprika, mel, chocolate, enfim as opções são inúmeras e todas melhores que as de compra.

Deixo abaixo uma receita para experimentarem já no próximo jogo ou sessão de cinema em casa. Depois contem-me se tenho ou não razão 😉

Continuar a ler