Wraps de couve com bolonhesa de lentilhas

Burritos de couve e lentilhas

Green wraps with lentil bolognese – recipe in EN below

Uma versão low carb dos tradicionais wraps de trigo, mas deliciosos e perfeitos para picnics e tardes de praia. São vegan, sem glúten e o recheio é à escolha!

Por esta altura tenho a minha horta em expoente máximo de produção. São alfaces, espinafres, vários tipos de couve, brócolos e até os primeiros morangos da época. A couve penca ou galega tem crescido a olhos vistos, com as suas folhas gigantes que por si só quase dão para uma refeição. Não temos conseguido dar vazão à quantidade de coisas que temos e por isso tenho distribuído pela família e amigos. Continuar a ler

Anúncios

Hummus de beterraba e menta

IMG_0999[1]

Beet & mint hummus – recipe in EN below

Este passou a ser o hummus preferido cá em casa. Não só pela cor maravilhosa como pelo sabor delicioso. E é tão fácil de fazer! Ora vejam.

Nunca fui apreciadora de beterraba. Gosto dela em saladas, ralada e com bastante vinagre, mas por si só não me entusiasma. Na verdade a única coisa que me fascina na beterraba é a cor e como a cozinha também é feita de cores, resolvi fazer experiências. Olhando para a foto decerto concordarão comigo quando digo que a experiência correu bem…:)

Continuar a ler

Zoodles com bolonhesa de lentilhas

IMG_4725[1]

Há receitas que convertem até os mais céticos. Esta é uma delas. É fresca, fácil de fazer e muito aromática e saborosa. Vegan e light, portanto é perfeita para o verão.

“Lentilhas?! A sério?! Eu não gosto de lentilhas…”, já ouvi esta frase mil vezes, sempre acompanhada de uma expressão facial pouco lisonjeadora e desconfiada. Mas a pergunta que coloco sempre é “Alguma vez experimentaste?”. A resposta é muitas vezes negativa e quando não o é limita-se a uma única experiência (que obviamente correu mal).

Continuar a ler

Couve-flor agridoce com molho de iogurte

IMG_4116[1]

Para os amantes das asinhas de frango, aqui fica uma opção vegetariana, feita no forno e bem deliciosa! São perfeitas para as “segundas sem carne” ou como entrada para um jantar descontraído.

Comecei a contar-vos no post anterior as minhas aventuras pela Namíbia, em especial as peripécias do nosso último safari. Se vos dissesse que houve apenas um ponto alto estaria a mentir porque toda a envolvência de um safari é por si só um êxtase e o episódio com o elefante deixou-nos a adrenalina em altas. Mas penso que o ex libris de qualquer safari são os grandes predadores, os leões. E nós estávamos a transbordar de entusiasmo com a esperança de os podermos ver. Continuar a ler

Zoodles com molho cremoso de caju

img_32271

Querem uma receita deliciosa, light e extra cremosa? É esta!! Se pudesse comia isto todos os dias. Vegan, sem lactose, sem glúten e com uma versão crua.

Já provei várias receitas de zoodles (a.k.a massa de curgete) e confesso que muitas delas me desiludiram… Sim, é uma ótima alternativa à massa quando queremos cortar os hidratos de carbono, porém se não ficar no ponto e não for bem temperada não sabe literalmente a nada…

Nestas últimas férias em Portugal, resolvi experimentar um restaurante de comida biológica no Estoril, de que tinha ouvido falar (por consideração não vou indicar o nome). Para entradas pedimos umas tostinhas caseiras sem glúten e húmus, que estavam ótimos e como prato principal strogonof de lentilhas e corvina em crosta de sésamo com puré de couve-flor. De uma forma geral posso dizer-vos que nada vinha minimamente temperado (pelo menos para mim) e o strogonof, que era feita com zoodles, esse então não sabia mesmo a nada…

Continuar a ler

Tostas de arroz com abacate e morangos

img_3049

Esta é das receitas mais fáceis e mais bonitas que já fiz! E também é deliciosa, vegan e sem glúten, portanto é só pontos fortes.

Vou fazer-vos o enquadramento do dia em que me surgiu esta receita para perceberem como isto de vez em quando funciona. Sim, porque muitas vezes não são momentos “bonitos de iluminação”, são situações banais e/ou privações de ingredientes que me fazem inventar destas coisas.

É sexta-feira e são seis da tarde aqui em Luanda. Depois de um dia de trabalho e de meia hora no trânsito para fazer um percurso de 10 min, chego a casa e tenho a despensa vazia. Isto porque cheguei ontem de viagem às oito da manhã e às nove e meia já estava numa reunião com a administração. Continuar a ler

Pudins de chia com dióspiros e manteiga de amêndoa

img_2978

Se gostam de dióspiros esta receita é para vocês. Muito fácil de fazer, vegan, sem glúten ou lactose e prepara-se em 30 min! O que se pode querer mais?

De facto não há nada como utilizarmos a fruta e legumes da estação para cozinhar. E no outono os dióspiros, marmelos, castanhas e uma série de outras frutas que andaram “escondidas” no resto do ano, estão no ponto!

No meu caso particular confesso que não sou fã de dióspiros mas o Pedro é (adora!!) e depois da minha prima Rosário nos ter oferecido uns da sua quinta, soube que tinha que fazer uma receita com eles. Como ainda não tinha experimentado fazer pudins de chia (que já andam por aí na moda há algum tempo), resolvi dar-lhes uma hipótese. E não é que até saíram bastante bem?! E acima de tudo são mesmo muito fáceis de fazer. Continuar a ler

Wraps de couve com recheio de frango e mascarpone


Querem um jantar rápido, delicioso e light? Aqui está ele. Ainda por cima fácil de fazer e ideal para utilizar restos!

Esta moda de fazer wraps com couve ou alface não é nova, mas confesso que ainda não tinha experimentado. Normalmente o que vejo são wraps frios e crus e não sou grande fã de couve crua. Por isso resolvi reinventar esta moda à minha maneira e tenho a dizer-vos que não me saí nada mal (modéstia à parte) 😉

Por outro lado esta é uma refeição baixa em hidratos de carbono, o que a torna perfeita para o jantar (para mim pelo menos, que costumo fazer refeições mais leves à noite). O queijo mascarpone torna tudo tão cremoso que só apetece comer 10 crepes destes! E sabem aquela velha sensação que temos quando guardamos os restos do jantar e pensamos “não me apetece nada voltar a comer isto amanhã”? Prometo que não vai acontecer!

Continuar a ler

Gaspacho com paprika fumada

img_26761

Esta é para os fãs desta sopa tão típica de verão! Uma receita tradicional com um toque diferente que a torna ainda mais aromática. Vegan, baixa em calorias e crua.

Quando estive na Cidade do Cabo (África do Sul) no início deste ano, vim de lá carregada com uma série”matérias-primas” para as minhas experiências culinárias. A começar pelo azeite de abacate, que podem ver nesta receita de pesto de rúcula e abacate e a terminar no ingrediente surpresa desta receita de gaspacho: a paprika fumada.

Para quem gosta de paprika normal esta é sem dúvida um upgrade. Eu costumo usar paprika em algumas receitas, especialmente nos assados, mas desde que descobri esta paprika fumada sinto que passei ao nível seguinte. O cheiro doce da paprika normal funde-se com um cheiro a fumeiro e torna este tempero ainda melhor.

Continuar a ler

Salada de couve roxa e rabanetes com molho de iogurte e funcho

img_26771

Uma versão diferente da típica americana coleslaw, com muito menos gorduras e bem mais saudável. Pronta em 10 min e só com 5 ingredientes, também em versão vegan!

 Aqui em Luanda costumo encomendar as frutas e vegetais de uma empresa que se chama Fazenda Girassol. Fazem entregas ao domicílio e os preços são mais acessíveis do que nos hipermercados. Além disso, tenho a garantia que entre a colheita e a entrega passam no máximo 48h (mais frescos que isto só se os colhesse eu diretamente para o prato).

Estou a contar-vos isto não porque me tenham pago para o fazer (se assim fosse avisava-vos), mas porque acredito que em qualquer sítio devemos buscar soluções que tragam os ingredientes mais frescos e saborosos até nós.  Em Portugal já há muita oferta deste tipo de serviços (felizmente). Se ainda não aderiram a um, façam-no porque faz toda a diferença no sabor e o vosso organismo agradece! Continuar a ler