Cupcakes de maçã verde com recheio de baunilha

img_42691

Já pensaram em fazer algo com este aspeto delicioso? Prometo que é mais fácil do que aquilo que pensam e o melhor de tudo é que é saudável, sem glúten ou lactose!

Não há ocasião em que as crianças ingiram mais açúcares, corantes e conservantes do que nas festas de aniversário. É verdade que um dia não são dias e podemos abrir exceções para nós e para os nossos filhos, porém acredito que podemos fazê-lo sem cair em exageros. Inconscientemente instituiu-se um clima de competição entre as festas dos mais pequenos. Se não houver bolos com coberturas cheias de açúcar e cores mirabolantes, mil variedades de rebuçados e gomas, quantidades astronómicas de refrigerantes, batatas fritas e outros aperitivos de pacote carregados de E’s, num espaço decorado a rigor com a Frozen ou o Batman, então a festa é fraca. E o pior é que gastam-se pequenas fortunas com isto!  Continuar a ler

Anúncios

Gelado de nutella caseira

img_2609

Claro que depois de fazer uma receita de nutella caseira as suas declinações são inúmeras! Este gelado é vegan e sem açúcar refinado.

Sim eu sei, este fim de semana foi de facto a “feira da avelã” aqui em casa. Mas depois de se descobrir o “ouro” é impossível não o utilizar nas suas múltiplas facetas, portanto aqui fica mais uma aplicação desta nutella caseira maravilhosa. Deduzo que já tenham visto a receita da mousse de avelãs, certo? Se não viram espreitem que também é ótima.

Lembrem-se no entanto que apesar desta nutella ser feita em casa e super natural, comida em excesso também engorda (como quase tudo!), portanto lambuzem-se mas com moderação 😀

Continuar a ler

Gelados coloridos de fruta

img_2569

Alguém aí com filhos, sobrinhos, enteados, primos ou afins? Esqueçam os gelados de compra e ofereçam-lhes estes: 100% fruta, super coloridos e bem docinhos também.

Bom, na verdade não precisam da desculpa das crianças para os fazer. Eu resolvi fazê-los só para mim e para o Pedro neste fim de semana passado. Posso dizer-vos que não sobrou nem um… (os gelados têm sempre vida curta nesta casa).

Mas o bom destes gelados é que podemos comer vários sem grande peso na consciência. Atenção, não digo para exagerarem já que na alimentação não devemos exagerar em nada. Porém, seguramente 2 destes não vos devem fazer mal, pelo contrário, ingerem até uma boa quantidade de fruta, sem conservantes, corantes, açúcares refinados, entre outras coisas que os de gelados de compra costumam ter. Continuar a ler

Panquecas fáceis

IMG_2408[1]

Para o fim de semana o que se quer são receitas fáceis. Estas preparam-se em 10 min e não têm glúten, nem lactose, nem açúcar refinado!

Um dos chefs que sigo avidamente é o Jamie Oliver. Para além da forma como ele cozinha, com a qual me identifico bastante, ele tem conseguido um feito muito importante: mudar mentalidades em relação à alimentação. Desde a acção contra o McDonalds até à proposta que ele fez chegar ao governo Inglês no âmbito da alimentação nas escolas, este senhor já deu provas que vai mesmo mudar o mundo.

Há uns tempos atrás dei com uma receita dele que se chamava 1 cup pancakes. Era nada mais nada menos do que uma receita de “panquecas for dummies”, de tão fácil de fazer que eraPegando nessa receita dele resolvi adaptá-la para criar uma sem glúten ou lactose. Continuar a ler

Tarte gelada de ameixa e framboesa

IMG_2494

Esta é a tarte mais bonita que fiz até hoje! Não leva leite, nem ovos, nem açúcar, nem farinha. É o cruzamento culinário perfeito entre uma tarte e um gelado. Ótima para uma ocasião especial.

Numa das minhas últimas idas ao supermercado (sim porque são muitas acreditem), encontrei por estas bandas ameixas brancas. Estavam hiper maduras, cheias de sumo e muito doces, portanto pensei logo para mim mesma: “tenho que transformar esta fruta em algo que celebre toda a sua glória!”

Inicialmente pensei em fazer um gelado de ameixa (já que ando apaixonada pela minha nova máquina de gelados e apetece-me fazer gelado de tudo!), mas depois decidi ir mais além. Pode dizer-se que neste caso resolvi cozinhar pela cor. Olhei para as ameixas amarelas e imaginei o contraste com algo vermelho. Tinha framboesas congeladas e pareceu-me uma boa combinação de sabores: o doce da ameixa com o ácido da framboesa. Continuar a ler

Iogurte grego com maçã caramelizada

img_2529

Sem ideias para o lanche, pequeno almoço ou sobremesa? Então aqui fica uma sugestão bem deliciosa e sem açúcar refinado. Cooking time: 10 min. O que pode ser mais fácil?

Já vos disse que comprei um espiralizador e portanto volta e meia gosto de lhe dar uso. Normalmente utilizo-o para vegetais, como por exemplo nos meus zoodles com bolonhesa de atum, mas deste vez decidi utilizá-lo em fruta. (PS- não se assustem, podem fazer a receita mesmo não tendo esta máquina, vejam alternativas na preparação).

Vinha eu a caminho de Luanda, depois de um dia bem passado na praia de Sangano (abaixo), e subitamente apeteceu-me comer maçãs. Continuar a ler

Chá de camomila, lima e hortelã

img_2512

Já não há desculpas para optar por refrigerantes às refeições! Quente ou frio, com um adoçante natural e muito aromático. Mais simples de fazer do que isto é impossível.

No dia a dia costumo beber água às refeições, mas às vezes apetece-me algo diferente (sim eu sei, agora soei como a senhora de amarelo e o Ambrósio do Ferrero Rocher… infelizmente falta-me a limusine e o chauffeur mas adiante).

Os chás gelados são uma ótima alternativa aos refrigerantes e ice teas de compra que estão carregados de açúcar, sumos a partir de concentrados e edulcorantes, entre mil outras coisas que nem fazemos ideia para que servem. Em suma, nada de interessante para o nosso organismo.

Continuar a ler

Gelado de manga com raspas de lima

IMG_2463

Não há nada melhor nestes dias de calor do que um gelado. Especialmente se for um bem saudável, sem açúcar e leite e cheiiinho de fruta!!

Tenho cá em casa um aficionado dos gelados. E na verdade eu também sou… Por isso resolvi investir uns euros (cerca de 50€ mas há mais baratas) numa máquina de fazer gelados e posso dizer-vos que foi quase “karma instantâneo” porque compensou logo no primeiro gelado que fiz (como podem ver acima). O Pedro comeu duas taças cheias e eu uma e depois disto quase não jantei. Continuar a ler

Panquecas de caju com doce de goiaba

IMG_2424[1]

Fim de semana é sinónimo de pequeno almoço com panquecas. E estas são sem açúcar, farinha de trigo ou leite. Muito fáceis de fazer e tãoooooo saborosas!

A minha irmã Rita adora goiabas e aqui por Angola entrámos na época desta fruta. Há goiabas brancas e vermelhas, sendo que as melhores quanto a mim são estas últimas. Mas são as mais difíceis de arranjar.

Vemos pelas ruas de Luanda muitas kitandeiras (senhoras que vendem fruta) com bacias cheias de goiabas. Porém, como diz uma conhecida música de capoeira “nem tudo o que reluz é ouro e nem tudo o que balança cai”. Muitas vezes nessas mesmas bacias que elas transportam na cabeça, estão abertas 2 goiabas vermelhas, mas as restantes são brancas. Um comum mortal que não conheça os “truques da terra” é facilmente enganado. Mas aprendi a escolher goiabas com a minha tia Nídia: basta levantar um bocadinho da casca com uma unha e ver a cor do interior. Fica a dica! 🙂 Continuar a ler

Manteiga de avelãs com baunilha e sal

IMG_4769

Vanilla & sea salt hazelnut butter (recipe in EN below)

Fiz esta manteiga no fim de semana e 3 dias depois posso dizer-vos que quase não há… É super aromática, sem corantes nem conservantes e 100% vegan!

Não sei o que há no sabor das avelãs que me fascina tanto. Talvez por essa razão eu seja fã de Nutella e o meu bombom preferido seja o Ferrero Rocher, mas posso dizer-vos que já não como nada disto há bastante tempo. Em alternativa experimentei fazer esta manteiga de avelã com baunilha, sal e canela. É soberba. O sabor da avelã com o adocicado da baunilha e o toque de sal no final tornam tudo aquilo em que tocam numa delícia.

Já a espalhei por cima de fruta fresca, iogurte e até sobre legumes salteados e fica bem com tudo. Vejam outras receitas de manteiga de frutos secos caseira neste post, mas não deixem de experimentar esta porque decerto não se arrependerão. Continuar a ler