Onde comprar?

OS FRESCOSIMG_0988[1]

Como sabem sou fã de produtos biológicos por isso para mim há 3 locais de eleição que favorecem a relação qualidade-preço:

  • Mercados

Os mercados biológicos já aparecem um pouco por toda a parte em Portugal e são uma ótima opção para escolher os produtos com calma e conhecer os produtores. Desta forma acabamos por “cortar” intermediários, fomentar a produção local e conseguir preços bem mais acessíveis e por vezes até inferiores aos das grandes superfícies.

Deixo aqui alguns dos mercados biológicos de Portugal e respetivos horários:

  1. Grande Lisboa, Almada, Setúbal e Portimão: vejam aqui a listagem atualizada.
  2. Zona Norte: Aveiro (Rossio) aos sábados de manhã; Coimbra (Jardim da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra) aos sábados de manhã e terças até às 20h; Porto (Jardim de Basílio Teles, Matosinhos) aos sábados de manhã.
  • Cabazes

Outra forma de comprar produtos biológicos mais baratos é através dos cabazes biológicos entregues em casa. Eu sou fã desta modalidade porque para além de cómoda, em muitos casos o fornecedor assegura um tempo máximo entre a colheita e entrega ao domicílio. Isto faz toda a diferença no sabor e nutrientes que consumimos.

Deixo-vos aqui alguns que conheço com entregas na grande Lisboa e Porto: Quinta do Arneiro; Quinta da Pedra Branca; Belong; Bio em Casa; Horta à Porta; Bio Habitus.

Apesar da agricultura biológica certificada ainda não estar desenvolvida em Angola, recomendo os cabazes da Fazenda Girassol Angola.

  • Supermercados biológicos

Os meus favoritos são a Miosótis e Amor Bio (em Lisboa), no que toca a relação qualidade-preço. Há outros como o Biomercado e as lojas Go Natural  e Celeiro, de norte a sul do país, bem como as áreas bio das cadeias de hipermercados (atenção que nestas nem tudo o que está na área bio é de facto biológico).


OS SECOS

spices-2548653_1920

Farinhas, grãos, cereais,  especiarias, frutos secos e muito mais. Tudo isto pode ser comprado a granel e é esta a minha forma favorita de comprar.

As compras a granel permitem-nos ainda poupar, porque compramos apenas o que necessitamos e gerimos melhor o nosso orçamento. Esta modalidade já existe em alguns supermercados, mercearias especializadas ou até mercados tradicionais. Para além disto, é também um comércio mais sustentável para o ambiente, já que a utilização dos plásticos é bastante reduzia ou até nula.

A minha loja favorita em Lisboa é a Maria Granel que aderiu recentemente às encomendas online, portanto experimentem. Deixo ainda outras que conheço: Grão e Granel (Porto), Miosótis (Lisboa), Amor Bio (Lisboa).

Em Angola recorria à loja Celeiro de Luanda ou ao supermercado Candando.

Anúncios