Zoodles com bolonhesa de atum

IMG_2008

Para aqueles dias em que nos apetece “enterrar a cara” num prato de massa com atum e ouvir a banda sonora “the ultimate confort food collection“. Aqui fica uma alternativa mais saudável e igualmente saborosa.

Tenho um primo (não é meu primo de sangue mas é meu primo de coração) que adora atum. Quando digo adora é mesmo adora. Come latas de atum às garfadas no trabalho e suspeito que come atum todos os dias (sim Renato, estou a falar de ti!). E a verdade é que o atum é fácil de se gostar (não conheço ninguém que não goste) e para além disso é fácil de preparar (o que é mais um bónus).

A cereja em cima do bolo é acompanhar o banal atum com massa, conseguindo assim atingir o ex libris do facilitismo culinário (não me entendam mal, adoro atum com massa por todas estas razões e mais algumas). Porém, achei que podia tornar esta receita mundana em algo mais interessante (logo me dirão se consegui).

O problema da massa é que está carregada de hidratos de carbono e trigo, e no meu caso pessoal não me favorecem muito, muito menos à noite. Por isso, quando ouvi falar numa maquineta que transforma vegetais em esparguete tive que experimentar.  Et voilá, saiu esta bolonhesa de atum.

A máquina chama-se espiralizador e encontram à venda em lojas de cozinha (custa entre 20€-30€, pelo que não é um investimento assim tão grande). Mas mesmo que não o tenham eu deixo-vos nas notas uma alternativa.

E que tal, convenci-vos a experimentar?


Ingredientes: (2 pessoas)

2 latas de atum (ao natural ou em azeite)

3 curgetes médias (de preferência biológicas)

1 cenoura (de preferência biológica e cortada em rodelas finas)

1/2 cebola picada (de preferência biológica)

1 chávena de café e 1/2 de polpa de tomate*

3 colheres de sopa de massa de pimentão doce*

1 colher de sopa de paprika

Azeite virgem q.b.

Flor de sal q.b.

Pimenta preta em moinho q.b.

Orégãos q.b (de preferência frescos mas podem utilizar secos)

1/2 copo e água

Salsa picada a gosto

Preparação

Coloquem as curgetes no espiralizador até as desfazerem em esparguete**. Transfiram para uma taça grande e reservem.

Num wok ou frigideira grande, refoguem o azeite, cebola, massa de tomate e massa de pimentão em lume médio. Quando a cebola estiver macia, adicionem a cenoura, os orégãos, a paprika, a salsa e temperem com sal e pimenta. Adicionem meio copo de água e mexam ocasionalmente (adicionem mais água se virem que está a ficar seco).

Quando a cenoura estiver macia, adicionem o atum e mexam. Ajustem os temperos à vossa preferência.

Coloquem a tigela dos zoodles no microondas durante 3-4 min, até ficarem macios (a ideia é que fiquem com a consistência de massa al dente). Retirem e escorram a água em excesso.

Sirvam os zoodles num prato e coloquem a bolonhesa por cima. Enfeitem com um pouco de salsa.

Bom apetite!

 

*Se utilizarem estes ingredientes em pacote, optem por marcas sem conservantes e biológicas.

**No caso de não terem espiralizador, podem utilizar um descascador de batatas/vegetais e desfazer as curgetes em tiras largas e muito fininhas. Neste caso não terão zoodles (em inglês: curgete = zuchini/ massa = noodles => zoodles) mas sim um pappardelle de curgete (talvez um zuppardelle? who knows…).

Anúncios

6 thoughts on “Zoodles com bolonhesa de atum

  1. Sofia diz:

    Olá bom dia,
    Quero comprar um espiralizador mas não faço a menor ideia de qual a marca/modelo, pode ajudar e dizer-me qual é o seu? Atrevo me a perguntar porque a sua receita/imagem está cheia de bom aspecto.

    Já fiz algumas receitas suas e quero fazer esta…

    Obrigada
    Bjnhs

    Liked by 1 person

    • Blog da Spice diz:

      Olá Sofia! Claro que lhe dou algumas dicas e fico muito contente por me seguir e experimentar as minhas receitas 🙂 O meu foi comprado numa loja perto do Saldanha, em Lisboa. Chama-se César Castro, deixo aqui o link: http://www.cesar-castro.pt . É da marca Lurch mas o modelo não lhe sei dizer porque deitei a caixa fora 😦 De qq forma penso que qualquer espiralizador fará o efeito desejado, ou seja, transformar vegetais e fruta em esparguete.
      Para esta receita e outras em que utilizo curgete espiralizada deixo-lhe uma dica: depois de a espiralizar limpe-a com um pano para retirar o excesso de água e não a salteie muito tempo, basta 1 ou 2 minutos senão ficará com um molho aguado. 😉 Depois conte-me se conseguiu comprar e qual o resultado!! Beijinhos

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s