Tarte de caramelo de amendoim e chocolate preto

IMG_5542[1]

Peanut caramel and salted chocolate tart (scroll for EN version)

Pára tudo! Esta é a sobremesa mais decadente que fiz até hoje! A base é crocante, o caramelo derrete-se na boca e o chocolate com uma pitada de sal surpreende-nos de uma forma deliciosa.

Estou mesmo orgulhosa porque esta é a prova de que não precisamos de ovos, farinha de trigo e quilos de açúcar para fazer sobremesas que nos levam ao êxtase. Tudo o que precisamos é de bons ingredientes e de pensar fora da caixa. Estamos formatados para cozinhar de certa forma, com certos ingredientes, usar certos temperos e certos métodos. E se a nossa gastronomia tradicional nos traz hábitos muito bons em alguns casos, também nos pode levar, inevitavelmente, a abusar de outros. A verdade é que existe um admirável mundo novo para além do que conhecemos e nos é familiar.

Viajar ajuda a expandir horizontes, até do ponto de vista gastronómico, mas para mudarmos o “chip” não precisamos de ir tão longe. Basta pensarmos nos ingredientes base que utilizamos para fazer um bolo por exemplo e tentarmos substituí-los por outros menos usuais. Há dezenas de tipos de farinha, porque utilizamos sempre a de trigo? Há dezenas de adoçantes naturais, porque utilizamos sempre o açúcar de cana? Há dezenas de tipos de óleo, centenas de frutas, vários leites, milhares de sementes, legumes, etc. No meio desta vastidão de opções, porquê cairmos na rotina de escolher sempre o mesmo?

Se pensarem bem, é um pouco como a roupa. Temos um armário cheio de roupa em casa, várias peças que usámos 1 ou 2 vezes no máximo ou algumas até nunca usámos (eu confesso, kilty as charged), mas acabamos por usar imensas vezes a mesma roupa. Porquê? Porque é mais fácil escolher o habitual, por preguiça mental de inventar conjuntos novos, porque temos pressa e sabemos que aquele conjunto nos assenta bem, porque é mais confortável, enfim…

Mas e se eu vos disser que é quando saímos da zona de conforto que as melhores coisas acontecem? A prova disso é esta tarte, sem ovos, sem farinha, sem açúcar, mas absolutamente deliciosa. Se eu me resignasse às receitas típicas não tinha chegado a esta receita e não a estava a partilhar hoje com vocês. Por isso vamos usar aquela roupa que só usámos 1 vez, vamos viajar para aquele local que nunca imaginámos, vamos experimentar ingredientes que nunca ouvimos falar. Quanto a este último prometo que dou uma ajudinha 😉

PS- Acho que nunca me perguntaram tantas vezes por uma receita como por esta, portanto espero que a façam e que partilhem comigo o resultado!


Ingredientes:

Base:

1/2 chávena de chá de nozes pecan

1/4 de chávena de chá de arroz tufado com chocolate (usei um sem açúcar)

3 tâmaras medjool sem caroço

1/4 colher de café de baunilha

1 colher de sopa de xarope de ácer (alternativas: mel, agáve ou geleia de arroz)

1 pitada de flor de sal

1/2 colher de sopa de óleo de coco (apenas se necessário, caso a mistura esteja muito seca)

Caramelo:

5 colheres de sopa de manteiga de amendoim (usei a minha receita)

7 tâmaras medjool sem caroço (veja a dica abaixo)

1/4 de chávena de chá de xarope de ácer (alternativas: mel, agáve ou geleia de arroz)

3 a 4 colheres de sopa de água (à temperatura ambiente)

1 colher de sopa de óleo de coco (se necessário, veja nota abaixo)

1 pitada de flor de sal (se necessário, veja nota abaixo)

½ colher de café de baunilha (se necessário, veja nota abaixo)

Cobertura:

150g de chocolate preto (min.70% cacau) adoçado só com stevia

1 pitada de flor de sal grosso

Preparação:

Num robot de cozinha coloque as nozes pecan e triture-as até ficarem em bocadinhos pequenos (não triture demasiado, não pretendemos farinha). De seguida, junte os restantes ingredientes e triture mais alguns segundos, até incorporar todos os elementos. Se necessário junte o óleo de coco e volte a triturar. Assim que tiver uma massa semelhante a areia grossa, retire para uma forma de tarte. Pressione a mistura com as mãos e vá espalhando pela forma até a preencher por completo. Reforce os cantos e tente que a base fique com uma grossura uniforme. Reserve.

No mesmo robot de cozinha coloque todos os ingredientes do caramelo e triture tudo até conseguir uma consistência pegajosa (tipo caramelo) e algo consistente (não líquida). É possível que tenha que ir fazendo algumas paragens e ajustando a água, óleo, sal e baunilha a gosto, dependendo do tipo de manteiga de amendoim que utilizar (veja nota abaixo).

Retire e espalhe o caramelo com cuidado sobre a base da tarte (para facilitar unte primeiro a espátula com o óleo de coco). Faça movimentos suaves e contínuos ao espalhar, para a base da tarte não quebrar e despegar do fundo, especialmente nas extremidades. Reserve.

Derreta o chocolate em banho maria e deite-o por cima da tarte, espalhando-o uniformemente com uma espátula. Leve ao frigorífico por 20-30 minutos. Espalhe uma pitada de flor de sal por cima e sirva.

Nota: utilize ingredientes de origem biológica. Se utilizar manteiga de amendoim de compra é possível que tenha que ajustar os ingredientes que indico acima, já que cada manteiga tem uma consistência e sabor diferentes. 

 Dicas:

1- As tâmaras têm que ser bem frescas. Se estiverem ressequidas demolhe-as 2 a 3 min em água quente, esprema e utilize de seguida.

2- A tarte dura vários dias no frigorífico, no entanto sugiro que a corte em fatias finas passados os primeiros 20 ou 30 minutos e volte depois a colocar no frio. Isto porque depois desse tempo o chocolate solidifica por completo e irá rachar quando tenta cortar.


English version

Ingredients:

Base:

1 cup raw pecans

1/2 cup chocolate puffed rice (used one without added sugar)

3 medjool dates (pitted)

1/6 tsp vanilla seeds

1 tbsp maple syrup

1 pinch of sea salt

1 tsp coconut oil (use it only if the mix is too dry after combined)

Peanut caramel:

5 tbsp peanut butter (i used my own)

7 medjool dates pitted (check tip below)

1/2 cup maple syrup

3 to 5 tbsp water (room temperature)

1 tbsp coconut or macadamia oil (if needed, check tip below)

1 pinch sea salt (if needed, check tip below)

1/4 tsp vanilla extract (if needed, check tip below)

Salted chocolate:

150g dark chocolate (min.70% cacao) sweetened with stevia

1 pinch sea salt

Preparation:

Put pecans on a blender and blend gently until you get small pieces (careful we don’t want pecan flour!). Add remaining ingredients and blend until combined (add oil only if necessary). As soon as you have a mix similar to wet sand, remove from the blender and put in on a 9 inch non-sticking tart pan.

With your hands press down the mix and mold it to the pan (take your time to do it evenly so you don’t have too much mix on one part and lack of it on another). Put in on the freezer.

Using the same blender, add all ingredients of the peanut caramel and blend until goey and sticky. If needed, make some stops along the process to scrap the sides of the blender and continue. Taste and adjust ingredients at taste. With the help pf a spatula, spread the caramel gently over the base (if it’s too sticky oil the spatula before). Spread the caramel evenly over the base, it helps if you make a continuous movement with the spatula. Reserve for later.

Melt the chocolate over a double-boiler and spread it over the caramel with a spatula. Make sure it covers all of the tart. Put in in the fridge for 20-30min. Spread a pinch of sea salt over, slice it and serve. Keep it in the fridge for about a week.

Enjoy!

Note: use preferably organic ingredients. If you use a peanut butter from the shop, make sure you adjust the ingredients above (oil, salt and vanilla) at taste: if it’s liquid enough skip oil, if it’s salty enough skip salt, and if it already has vanilla skip it too.  

 Tips:

1- The dates have to be really moist, if they aren’t put them on hot water for about 3 min. and drain after.

2- It’s important to slice the tart right after you take it from the fridge, otherwise the chocolate will solidify completely and it will crack when you try to slice it later.

Anúncios

One thought on “Tarte de caramelo de amendoim e chocolate preto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s